09/11/2021

Decidi livrar-me de minha companheira de muitos anos

Um dia meu pai estava no elevador e nele havia um casal. No quadro de avisos dizia que o "Cata Cacareco" da prefeitura iria passar naquele dia para pegar tudo que fosse material que não era mais usado, e o homem, vendo quem meu pai estava lendo o aviso, disse: "Estou levando minha esposa lá embaixo para o caminhão levar embora". Meu pai quase testemunhou um maridocídio naquele elevador.

28/04/2021

Tempo de despertar

O que você sentiria se fosse dormir e só acordasse 30 ou 40 anos depois? Seria a mesma pessoa? Se lembraria de alguma coisa? Conseguiria viver no mundo atual? Eu não estou dormindo, mas tem muita gente que está. Pessoas que não têm qualquer reação aos estímulos e aparentemente não existem mais.

26/05/2018

Deixe seus filhos em paz

Eu não sou nem de longe o que um pai ou uma mãe poderia considerar um filho desejado. Quem quer um filho espera que venha perfeito, sem defeitos, e melhor até que seus pais que o geraram. Isso impede, por exemplo, que crianças deficientes sejam adotadas por muitos, e até que mães descartem pelo aborto um filho indesejado por diferentes razões. Mas nem sempre os problemas dos filhos são de causas externas. Muitas vezes eles são culpa dos pais.

27/04/2018

Quando meu pai descobriu uma constelacao

Há uns dois meses a hérnia de disco de meu pai tem conversado com ele. Do jeito que está ele já pensa que seja hérnia de LP, porque a dor não é de um compacto simples. Deitado ou de pé não sente dor, mas abaixar para cuidar de mim é fazer curso de astronomia. E para quem não sabe, depois de minha visita ao trono eu exijo que alguém coloque de volta a fralda, calça e cueca, enquanto aguardo paciente de quatro no chão depois de descer do vaso. Multiplique pelo número de horas e meias do dia e você vai ter o total.

13/04/2018

Quando demais é demasiado

Meu pai de vez em quando tem alguma boa ideia. Só de vez em quando. Já ouviu falar em "composite" ou compósito? Trata-se de um conceito inventado na produção de materiais melhores pela associação de materiais diferentes com diferentes qualidades. Por exemplo, os mongóis já usavam composite para fabricar seus arcos (embora eu acredite que nem Gengis Khan soubesse disso).

31/01/2018

Ajudando a pagar pelas fraldas

Que meu pai tem um escorpião no bolso não é segredo pra ninguém. Mas quando se trata de investir em mim ele não faz economia, porém eu fico constrangido com o dinheiro que ele gasta comigo. Sabe como é, eu dificilmente acordo seco, e quando sonho que estou nadando o maremoto não fica só na fralda, mas vaza para o lençol, o forro do colchão e às vezes até o cobertor e o travesseiro, e eu estiver com minha poupança em cima deles. Mas como "pagar" por toda essa despesa? Meu pai, muito espertinho, parece ter encontrado a solução.

24/12/2017

Meu pranto de Natal

Minha humildade e discrição nem sempre permitem que eu revele minha verdadeira profissão. Você já deve ter percebido que sou uma celebridade, mas deve estar se perguntando o que faço para ser assim. Não canto, não danço, não pinto, não bordo e nem sou algum guru ou empreendedor que manda foguetes ao espaço e os faz voltar de marcha-à-ré. Então qual é realmente a minha profissão?

28/11/2017

Meu pai e' um preto de peito branco!

Quando éramos pequenos meu pai costumava brincar conosco de trava língua. Sabe como é, tipo "O rato roeu a roupa do rei de Roma" ou "Um tigre, dois tigres, três tigres". Tinha também uma difícil que meu avô ensinou, "Um ninho de mafagafos tinha três mafagafozinhos, quem desmafagafar o ninho será um grande desmafagafizador", mas nem me pergunte se mafagafo voa ou põe ovos.

29/07/2017

Wolverine sou eu!

Ok, hoje é dia de você descobrir minha identidade secreta: Wolverine! Sim, aquele cara feroz de quem brotam garras feitas de lâminas de "Faca Ginsu", que corta tudo, exceto as "Meias Vivarina" que nos comerciais da TV prometiam nunca desfiar. Se olhar bem verá que ele até se parece comigo quando uso barba e músculos postiços.

Hugh Jackman como Wolverine

24/09/2016

Como a adoção destruiu a minha vida

Meu pai recebeu, via Facebook, um texto escrito por um pai de adoção que expressa bem o que sentem essas pessoas que adotam crianças cheias de problemas como eu. Há trinta anos ele e minha mãe me adotaram quando eu tinha quatro anos de idade. Com já contei aqui, sofro de paralisia cerebral, sou cego, não ando, não falo etc. Esta semana uma pessoa perguntou a meu pai o que ele fará quando estiver velho e doente demais para tomar conta de mim. Então ele começou explicando do começo para mostrar como será o fim.

12/09/2016

Meia evidencia de um delito

Sofro de paralisia cerebral, não enxergo (só vejo vultos), sou mudo e não sei caminhar. Mas engatinho pela casa, o que ajuda muito quem cuida de mim e evita que alguém precise fazer força para me carregar. Sozinho eu consigo me erguer e sentar-me na poltrona do meu quarto, no sofá na sala e na cadeira de rodas, mas nesta precisa ter alguém para segurar a cadeira para não mover.

07/09/2016

E se meu pai tivesse nascido deficiente?

Nos tempos de faculdade meu pai desenhava retratos com grafite, e outro dia ele encontrou um ex-colega da república onde morava que disse ter emoldurado na sala o retrato de sua namorada na época, hoje esposa. Nem meu pai se lembrava mais de ter feito aquele e ele nem mesmo guardou algum dos retratos que fez. Nunca mais desenhou e acabou transferindo suas ideias para os textos. Mas para meu pai era fácil desenhar (embora ele não fosse tão bom nisso, mas só aqui entre nós, ok?) porque ele nasceu com cabeça, corpo e membros do jeito que devem ser. Mas e se ele tivesse nascido... sem o antebraço?!

Postagens populares